1 de jun de 2010

O hábito é o que te habita
Como a poesia ao poeta
O silência ao som
O mau ao bom
O pedalar a bicicleta

A música é de quem musica
Como a poesia é do poeta
O ar do passarinho
A meta de quem tem caminho
O caminho de quem tem meta

Nenhum comentário: