29 de jun de 2009

Copiar é viver

Acho que aprendi a copiar , vou copiando um pouco aqui, um outro pouco acolá, e por mais que me digam que isso é não ter personalidade eu continuo copiando.Eu mudo uma coisa ou outra, coloco a minha letra na cópia e depois escrevo minha assinatura, colei mesmo.Pego olho pro lado rapidinho, vejo o que eu preciso se é a questão um , dois ou a mil e copio, mudo um pouco para o professor não perceber , mas nada muito além de parafrasear e continuo vivendo assim , de cópia em cópia, de cola em cola eu vou respodendo a minha prova de viver aqui.

Cezar March

21 de jun de 2009

Sem título , só coração

Se tenho o direito de viver,
na verdade faço dele obrigação, vira dever.
E como todo dever vou dar o mais de mim , vou encarar de frente , vou mostrar os anseios e comemorar cada vitória que me deu trabalho até exaustão.

Se tenho algum problema
vou satisfazer ele com a solução.
Se crescer é o meu mal necessário, cheio de racionalização,
vou crescer sem deixar de fora o que aprendi com a emoção de cada começo e fim de momentos que enfrento com a cabeça, o corpo e a compaixão.

Se o corpo e mente são as armas que tenho,
vou criar um modo de vida para os dois viverem em comunhão,
com dedicação vou levar a vida de mão dada para o Guia,
porque quero saber por onde ir, afinal de contas minha vista não é boa assim.


A vida é pequena sim , e por isso vou chegar até o fim da estação e partir para a próxima, bater as botas , tirar a areia , a lama , o barro e ir embora depois de ter certeza que completei a minha missão e que o descanso eterno seja sinômino de trabalho duro.

Cezar March